Weby shortcut

Projetos de Pesquisa Encerrados

Atualizado em 11/06/15 18:10.

 

Articulações entre Psicologia e marxismo: Possíveis contribuições para uma história da Psicologia crítica latino-americana

Linha de Pesquisa: Bases Históricas da Psicologia

Docente: Fernando Lacerda Jr.

Ano de início: 2011.

Ano de encerramento: 2015.

Descrição resumida: O presente projeto de pesquisa busca estudar o processo de desenvolvimento histórico e teórico de duas correntes / manifestações da psicologia latino-americana que influenciaram correntes da psicologia social crítica no Brasil: a psicologia cubana e a psicologia da libertação. Especificamente, o estudo busca analisar como a articulação entre psicologia e marxismo nessas correntes foi influenciado por contextos sociais específicos e como essas propostas produziram novas ideias no interior da psicologia enquanto ciência e profissão. O projeto de pesquisa, por ser um estudo da história da psicologia, fundamenta-se em correntes marxistas da história e da historiografia da psicologia, isto é, busca compreender a história da psicologia a partir de uma análise da articulação dialética entre ciência e sociedade sem se resumir a uma abordagem “internalista” – que analisa a ciência como um complexo independente da sociedade em que está inserida – ou “externalista” – que analisa as determinações sociais da ciência sem considerar sua autonomia relativa. A pesquisa será iniciada por meio dos seguintes procedimentos: (a) levantamento bibliográfico, apropriação e análise da literatura encontrada; (b) estudo do contexto histórico e institucional das principais ideias e práticas que articularam psicologia e marxismo; (c) elaboração de sínteses descritivas e explicativas sobre o objeto de análise. A última etapa será realizada adotando os procedimentos da análise imanente: (a) decomposição do texto analisado em unidades significativas; (b) buscar trama que articula elementos significativos em teorias e teses; (c) buscar nódulos decisivos e pressupostos implícitos do texto; (d) construção de hipóteses interpretativas; (e) busca de determinações históricas e razões contextuais do texto; (f) elaboração de teoria interpretativa do texto e  análise da função social do texto. Os resultados esperados do presente estudo são: contribuir para a sistematização de uma história da Psicologia crítica na América Latina; resgatar e problematizar as críticas à sociedade e à Psicologia que foram elaborados por projetos de Psicologia influenciados pelo marxismo; analisar a existência ou não de inovações na ciência psicológica por meio da articulação entre Psicologia e marxismo. Apoio: CNPq.

 

Listar Todas Voltar